Tailândia – Beber água evitou a desitratação

Doze meninos e seu técnico, integrantes de um time de futebol foram encontrados vivos e estão à espera de resgate em uma caverna na Tailândia onde ficaram presos há 9 dias e estavam, até então, sem comida.

Temperatura e água ajudaram a sobreviver

Reymenants explicou que o lugar onde se encontram tem uma temperatura relativamente quente, de cerca de 26ºC, o que evitou uma possível hipotermia, como é chamada a diminuição excessiva da temperatura normal do corpo – um dos principais riscos quando se fica preso em uma área como essas.

Além disso, há água jorrando pelas paredes da caverna, o que foi essencial para evitar que desidratassem.

Especialistas estimam que o ser humano pode ficar sem comer por um período de 30 a 45 dias, mas que não resiste muito sem água. Alguns calculam que o tempo de sobrevivência sem ingerir o líquido varia de três a cinco dias, dependendo da pessoa, mas há casos que superam esse limite.

No caso da alimentação, Reymenants explica que por causa de sua composição anatômica, as crianças podem sobreviver por mais tempo sem comida.

Fonte da notícia